Perfil dos Organizadores

A Universidade Eduardo Mondlane (UEM) em Maputo, Moçambique, foi fundada em 1962, e é a instituição líder em ensino em Moçambique. UEM trabalho em conjunto com a comunidade e possuí inúmeros acordos de parceria com empresas. UEM está dedicada em retornar à comunidade por meio de parcerias e relacionamentos que criem impactos tangíveis. Com 11 faculdades e 8 centros de pesquisa, incluindo educação a distância, UEM está trabalhando no sentido da sua visão de ser uma Universidade nacional, regional, e de referência global na produção e disseminação de conhecimento científico e extensão, destacando a pesquisa como uma fundação para os processos de ensino e apredizagem. A organização da M4D2016 cabe a Faculdade de Ciência, Centro de Informática (CIUEM), Departamento de Ciência e Matemática (Faculdade de Educação) e Ministério de Ciência e Tecnologia.

Leia mais aqui (www.uem.mz)

Universidade de Karlstad, Suécia, através do centro de pesquisa HumanIT procura melhorar a apreciação e usabilidade de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no cotidiano das pessoas, sem comprometer seus direitos humanos, tal como privacidade. Baseando-se em uma perspectiva humana, HumanIT foca no uso de TICs a fim de melhorar os meios de vida. Especial atenção é dada às regiões em desenvolvimento, assim como, o potencial uso de TICs em situações de crise em emergência.

Os Objetivos:

  • Salientar e fortalecer pesquisas focadas nas perspectivas humanas em TICs.
  • Estabelecer a Universidade de Karlstad como um instituição líder nas perspectivas humanas em TICs.
  • Promover um plataforma multidisciplinary de pesquisa e colaboração através de disciplinas com setores públicos, comércio e indústria.
  • Contribuir com os setores públicos, comércio e indústria, influenciando o desenvolvimento de produtos e serviços.

HumanIT tem estado na liderança em reconhecer Comunicações Móveis para o Desenvolvimento (M4D) como uma área de pesquisa crítica dentro de TIC-para-Desenvolvimento (ICT4D), devido ao aumento da popularidade no uso de dispositivos móveis, como celulares e tablets. No momento em que a interação do homem com as tecnologias adquire uma perspectiva de mobilidade, reconhecer o papel das tecnologias móveis dentro de um arcabounço maior de ICT4D tem ajudado o HumanIT a identificar um nicho de pesquisa específico em ICT4D, evidenciado pelo número de publicações e pesquisas focadas em M4D em nosso centro.

Leia mais aqui (www.kau.se/humanit)